Subscribe Now

Trending News

23 Fev 2019

Nomeações Óscares – Prós e contras
Newsflash

Nomeações Óscares – Prós e contras 


Realização:

Pawel Pawlikowsky – Cold War-Guerra Fria

pró: não tem hipóteses, mas não deixa de ser um feito esta nomeação!

Contra: por muito que tenha prestígio, Cold War não tem máquina montada para o lobbie

Alfonso Cuáron – Roma

Pró: está tão favorito aqui que agora já seria um escândalo não vencer.

Contra: pode haver receio de premiar de novo Cuarón (venceu recentemente em Gravity o mesmo Óscar) e de novo um mexicano (Iñarritu e Del Toro, mexicanos, venceram anteriormente e ninguém se esquece disso)

Adam McKay – Vice

pró: pode beneficiar de uma certa alergia à Netflix…
contra: cheira em Hollywood que Vice está nesta corrida apenas para encher…

Spike Lee – BlackKksman – Infiltrado

Pró: se ganhar será quase para redimir anteriores derrotas

contra: há quem considere que esta está longe de ser a obra-prima do realizador de Não Dês Bronca

Yorgos Lanthimos – A Favorita

pró: tem alguma hipóteses se surgir tendência de voto surpresa…

contra: tem perdido muitos outros prémios nesta corrida da temporada…


Ator secundário:

Maheshala Ali – Green Book – Um Guia para a Vida

pró: é o grande favorito. Merecida esta nomeação, ainda que se pudesse colocar a questão de ser quase uma interpretação principal.

contra: ainda há pouco tempo venceu a estatueta por Moonlight

Sam Elliot – Assim Nasce Uma Estrela

Pró: é o grande momento da carreira de um ator muito amado pelos seus pares.

Contra: complicado competir com Ali

Adam Driver – BlackKksman – Infiltrado

Pró: é só bom para o seu currículo

contra: todos vão perceber que é imerecida a sua nomeação. Jonah Hill em Não te Preocupes, não Irá Longe a Pé, ficaria muito melhor nesta lista.

Sam Rockwell – Vice

Pró: tem poucas hipóteses, mas já é uma vitória estar nomeado…

contra: ganhou o mesmo Óscar o ano passado…

Richard E. Grant – Can you Ever Forgive Me?

Pró: é o favorito da imprensa e isso, às vezes, conta…

Contra: o filme tem uma dimensão demasiado pacata.


Ator

Bradley Cooper – Assim Nasce Uma Estrela

pró: como não foi nomeado como realizador, pode ter aqui a sua consolação

contra: a concorrência é bem mais forte…

Viggo Mortensen- Green Book- Guia para a Vida

pró: não deixa de ser um dos favoritos

contra: uma gaffe com insinuações racistas pode causar-lhe danos…

Rami Malek- Bohemian Rhapsody

pró: não é favorito, mas este pode ser um ano de surpresas

contra: está num filme que é tudo menos consensual

Christian Bale – Vice

pró: é um dos atores mais amados na América e tem uma campanha fortíssima para vencer o Óscar

contra: ajudava mais se Vice estivesse com maior prestígio

Willem Dafoe – À Porta da Eternidade

pró: o filme de Schnabel não agrada a muita gente mas é uma interpretação consensual…

contra: At The Eternity’s Gate não é filme para o circo “mainstream” da Academia e Willem Dafoe vai ser de novo prejudicado…


Atriz secundária:

Amy Adams – Vice

pró: mais uma vez nomeada. Não estará na altura de ser vencedora?

contra: parece daquelas nomeações apenas para dar prestígio ao filme…

Regina King – Se Esta Rua Falasse

pró: era o que mais faltava não haver diversidade racial entre os vencedores.

Contra: não tem muitas hipóteses de perder

Marina de Tavira – Roma

Pró- pode ganhar se houver supremacia de Roma!

Contra: só está nomeada porque Roma é o filme do ano.


Atriz

Yalitza Aparicio – Roma

pró: pode beneficiar com o efeito de domínio de Roma

contra: a concorrência não dá hipóteses…

Olivia Colman – A Favorita

pró: ajuda ser a favorita

contra: a altura de premiar Glenn Close

Melissa McCarthy – Can You Ever Forgive Me?

pró: Hollywood gosta das grandes transformações…

contra: complicado colocar-se este ano entre às favoritas Gaga e Close…

Glenn Close – A Mulher

pró: é realmente a grande interpretação do ano

contra: A Mulher é um filme com pouca visibilidade mediática…

Lady Gaga – Assim Nasce Uma Estrela

pró: Nesta temporada dos prémios tornou-se favorita mas parece estar a ficar ofuscada por Glenn Close e Colman…

contra: os atores que votam podem pensar que estão a dar um prémio apenas a uma pop star…


Filme:

Black Panther

pró: pode surpreender num ano em que escasseiam consensos…

contra: não tem vencido nada antes destes prémios…

Green Book – Guia para a Vida

pró: é o filme mais popular deste ano

contra: parece haver uma campanha contra os cineastas brancos desta história sobre negros e brancos…

Roma

pró: é um dos favoritos por ser considerado uma grande obra-prima

contra: ter o selo Netflix, ser a preto e branco e falado em castelhano (nunca um filme estrangeiro venceu) não ajuda…

Vice

pró: ganhou muito impulso desde que estreou.

contra: há quem duvide dos méritos desta sátira.

BlackKksman – Infiltrado

pró: tem a questão de denúncia anti-Trump e isso não é de subestimar…

contra: tem perdido muitos prémios nesta temporada

Bohemian Rhapsody

pró: pode ser que tenha a sorte de ser um ano de muitas divisões, sobretudo entre o favoritismo de Roma e de Green Book.

contra: Bryan Singer. Não deixa de ser o realizador acreditado e ele nem terminou o filme. Um filme com este “detalhe” vencer o Óscar…seria uma anedota!

Assim Nasce uma Estrela

pró: é um verdadeiro “agrada-multidões” e isso conta!

contra: não deixa de ser um “remake”…

A Favorita

pró: estar a ganhar cada vez mais balanço para ser a surpresa…

contra: o estilo ousado de Yorgos Lanthimos pode ser demasiada areia para camioneta de alguns dos votantes da Academia

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *