Subscribe Now

Trending News

29 Set 2020

Podemos estar ansiosos com o que vem aí da DC? Podemos e devemos!
Newsflash

Podemos estar ansiosos com o que vem aí da DC? Podemos e devemos! 

Este fim-de-semana o mundo ficou um melhor lugar com tudo aquilo que o DC Fandome nos trouxe. Se as coisas precisavam de um abalo na casa da rival da Marvel, pois bem: ei-lo? É tudo novo, novíssimo num catálogo que mesmo sem se renovar como que se inova. Estávamos aborrecidos com a direção da Liga da Justiça e pouco entusiasmados com Shazam!, mas agora há uma aposta num outro rumo.

A maior notícia foram as primeiras imagens de The Batman, de Matt Reeves, um Batman para fazer esquecer o Batman truculento de Ben Affleck. Sente-se que é um filme de autor, capaz de recuperar o espírito subversivo das BD’s de Frank Miller, além de que a negritude apresentada parece ser um caso sério, já para não falar da revolução operada por Robert Pattinson, um Bruce Wayne a respirar angústia.

Outro dos trunfos desta operação online da Warner foi a apresentação gráfica de The Suicide Squad, onde desfilaram as personagens do filme de James Gunn que promete mundos e fundos em 2021. A portuguesa Daniela Melchior foi uma das estrelas num projeto para fazer esquecer o anterior Esquadrão Suicida, de David Ayer. Exemplo de uma estratégia da DC em criar novas perspectivas do seu próprio universo.

Ponto alto destas apresentações foi a novidade de que Zack Snyder’s Justice League vai ser afinal uma série de televisão em quatro partes. A HBOMax vai apresentar esta revolução de quatro horas pronta  para esquecermos a infeliz versão que a Warner nos ofereceu quando o cineasta saiu do projeto. Pelo teaser, com música de Leonard Cohen, já se percebeu que o tom épico vai ser uma constante. Tem bom aspecto se não nos fizer alergia aquelas imagens de marca registada da estética de Snyder…

Por fim, o novo trailer de Wonder Woman 1984, de Patty Jenkins não é desilusão nenhuma. Sobra um humor acessível sobre confronto de mentalidades temporais e a vilã encarnada por Kristen Wiig tem tudo para ser um ícone pop. Outubro já esteve mais longe…

 

 

 

 

 

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *