Subscribe Now

Trending News

08 Dez 2019

Encontros | Drew Barrymore
Encontros

Encontros | Drew Barrymore 

A rapariga que partilhou o seu sorriso 1 milhão de dólares

Acredito ferozmente que a nossa Drew Barrymore ainda venha a ter um “comeback” daqueles furiosos. Pode não ser uma atriz do Método, nem especialista em composições, mas é alguém com um carisma que bem trabalhado dá uma bela presença de cinema.

E se escrevi “nossa” não foi por acaso. Desde que a vimos em E.T.- O Extraterrestre, de Steven Spielberg, que passou a ser património do imaginário de uma geração. Depois, vimo-la a crescer. A ficar adolescente em Malícia Fatal, de Katt Shea e, depois, já moça e dama nas comédias românticas dos grandes estúdios, onde se destaca o já clássico ‘Um Casamento Quase Perfeito’, a obra-prima dos “disparates” de Adam Sandler.

E é no “conforto” da imagem da rapariga quase beldade americana que Drew soube construir um percurso. Uma atriz capaz de mesclar atrevimento e uma fragilidade única, pontuando a sua voz doce-rouca com uma uma persona sorridente e com vibrações positivas.

Em todas as entrevistas – e foram algumas – que lhe fiz nunca lhe vi um ar de frete, nem qualquer tipo de tique de vedetismo. Em Florença, na altura de ‘Para Sempre Cinderela’, fantasia idiota que nunca vingou, lembro-me do seu espírito festivo. Nesta fotografia, tirada com uma câmara descartável, Drew estava com uma boa disposição inacreditável. Foi em plena festa do filme num palácio toscano com todos os luxos. Drew era de uma acessibilidade estrondosa, mas, claro, no tempo em que a Fox convidava os jornalistas para festões onde comíamos na mesma mesa que Sting, Anjelica Houston ou Bjork.
Anos mais tarde, na promoção de ‘A Minha Namorada tem Amnésia’, com Adam Sandler, estava em Madrid com o mesmo sorriso que contagia. O chamado sorriso de um milhão de dólares. Da entrevista propriamente dita lembro-me de muito pouco, apenas que nunca teve receio de dizer tudo o que lhe vinha à cabeça. E Drew é conhecida por nunca esconder o seu passado problemático de estrela juvenil com vícios de consumo de drogas….

Repito, irá voltar em grande. E arrisco prever: melhor atriz do que nunca. Não estou a ser aprendiz de Zandinga…

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *