Subscribe Now

Trending News

28 Nov 2021

A Betclic vai apostar em cinema!
Newsflash

A Betclic vai apostar em cinema! 

Uma curta que é mais do que uma curta

https://www.youtube.com/watch?v=juvKgwtedKg

A Betclic está a apostar no cinema. João Lourenço e Bruno Ferreira são os realizadores de Rastro, curta produzida por esta marca. Mas engane-se quem pensar que se trata de um anúncio ou promoção. Aqui não há “product placement” ou referência às apostas online. Rastro é uma ficção original que narra a tomada de consciência de um jogador de futebol acerca da situação de flagelo dos plásticos no mar e nas praias. Um filme, goste-se ou não, com ideias de cinema e um ator que o cinema português tarda em apostar, Vicente Wallenstein, um dos maiores talentos do novo teatro português.

Mas é certo e sabido que esta colaboração de uma marca na ficção nacional vai provocar reações, sobretudo entre o meio mais purista da nossa Sétima Arte…Por isso, o Cinetendinha quis saber junto dos responsáveis da marca quais estas intenções de produção de conteúdos…

Miguel Domingues, diretor de comunicação da Betclic esclarece: “A Betclic tem vindo a trilhar um caminho que passa por produzir entretenimento de qualidade em vários formatos, seja em eventos físicos, virtuais ou, neste caso, cinema. A ideia do Rastro surgiu da necessidade de dar continuidade ao projecto Futebol Bonito 2020, que apoiou 20 clubes amadores, base do futebol nacional e que tinha também uma forte componente de sustentabilidade ambiental. Com isto em mente pusemo-nos a pensar de que forma é que podíamos fazer mais pela sustentabilidade ambiental e decidimos que contar uma história, usando o cinema, procurando influenciar as pessoas para que tomem um papel ativo. Foi assim que nasceu o a ideia do Rastro, o primeiro passo da Betclic na produção de conteúdos”. Um primeiro passo que não vai ficar por aqui: “sabemos onde queremos chegar e o caminho que temos de fazer. Neste momento, tudo o que podemos adiantar é que em 2021 vai haver mais novidades, eventualmente com mais curtas, que irão desde temas mais óbvios para uma marca como a Betclic, como é o caso do desporto, a outros não tão óbvios como a música e a sustentabilidade, entre outros”

Questionado se este exemplo de produção de conteúdos pode ter sequelas noutras marcas, Miguel lança o repto: “A Betclic é claramente uma marca de entretenimento. Fomos pioneiros na nossa indústria em perceber isso e a trabalhar nesse sentido. Julgo que a cultura em geral e a comunidade teria a ganhar se outros seguissem o nosso exemplo”.

Estará a nascer uma espécie de Amazon portuguesa? O certo é que Rastro tem uma linguagem visual forte e uma mistura eficaz de mensagem de boa consciência e desenvoltura de storytelling.

Está disponível gratuitamente em www.rastrofilme.pt.

No próximo Cinetendinha, versão tv, será o destaque…

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *